Use o SUS no exterior

Os viajantes brasileiros contribuintes do INSS ( Instituto Nacional de Seguridade Social) podem receber assistência médica em 8 países. Portugal, Espanha, Grécia, Itália, Uruguai, Argentina, Chile e Cabo Verde garantem o serviço médico-hospitalar extensivo à família do segurado. O Atendimento é feito no sistema público de saúde. Brasileiros residentes em um desses países também podem utilizar esses serviços.

Antes de viajar, você precisa tirar o Certificado de Direito à Assistência Médica Durante Estadia Temporária. O documento pode ser solicitado nas representações estaduais do Departamento Nacional de Auditoria do SUS ( Serviço Único de Saúde). Para requerer o documento, você precisa apresentar passaporte e os três últimos comprovantes de contribuição ao INSS, ou carteira de trabalho, ou contra-cheques. Para seus dependentes, leve certidão de casamento e de nascimento dos filhos.O INSS garante que o certificado fica pronto em três dias úteis e não há cobrança de taxa para sua emissão.

Se durante sua viagem a algum desses países você precisar de atendimento, procure médicos e hospitais de rede pública de saúde, tendo em mãos o certificado emitido no brasil.
Deixe seu Comentário
  • Gysa Morais

    Nossa, que legal, eu não sabia, e acho poucos sabem!Ótima dica.

  • Carla e Élio

    Nunca pensei que havia essa possibilidade de usar o SUS fora do país. Ótima dica1
    Obrigada pelo carinho da visita lá no meu cantinho… Eu já andava acompanhando vcs nas suas aventuras!
    Bjs e Boas Viagens!

  • Anonymous

    A uso do SUS fora do Brasil é valida, porem para entrar em POrtugal e Espanha, o passageiro vai necessitar de um Seguro/Assintencia Viagem com cobertura minima de 30 mil euros, essa e uma das exigencias do tratado de Schengen. Tratado este que nao exige visto do brasileiro, quando sua estadia for inferior a 90 dias, porem a Assitencia Viagem é obrigatória. Ai pergunto, pq utilizar o SUS la fora se tenho um plano de assitencia medico/hospitalar "privado"?

  • Anonymous

    vc tem um plano privado mas eu nao, e é muito util sim essa informação

  • Anonymous

    se no Brasil a fila do SUS é kilométrica, para ser atendido tem-se que esperar uns 3 meses…. como deve ser no exterior???? Esperar consulado confirmar informações, agendar o atendimento….ufaaaa…. já estou de volta ou Brasil… e outra se tenho condições de viajar para o exterior, com certeza devo ter um plano de saúde privado…

  • Erika Marques

    É exigência para entrar em alguns paises da Europa a contratação de um seguro viagem/assistência saúde, se não voc~e é barrado. Neste caso não faria diferença ter acesso ao sus.

    Contudo países como argentina e chile , não exigem este seguro saúde! Então, porque não utilizar este serviço do SUS? Seria uma garantia a mais.

    Em abril irei para Buenos Aires, e irei testar este serviço. Vamos ver se tem burocracia ou não…

    Amigos, informação sempre é válida!

    Um abraço!

  • Déborah

    Gente, Uruguai, Chile e Argentina não tem que ter plano privado, ai o SUS é pratico, se for um atendimento de emergencia, se você está passando apenas uns dias e passou mal.
    Prox ano vou para a Argentina e Chile, qualquer coisa verei se o atendimento é bom lá.

  • Cardosojucy

    na Bahia onde posso conseguir esse certificado de direitos a assistencia medica durante a minha estadia

  • Cardosojucy

    sera q em salvador tem representacao do departamento nacional de auditoria do sus? gostaria de saber onde fica.

    • http://www.outrosares.com/ Érika Marques

      Cardoso, procure a secretaria estadual de saúde da Bahia que saberão informar… :)