Veja como pagar somente as passagens de ida e volta e conhecer diversos destinos pelo mundo
Por Jussara Soares
 
Já imaginou ir para a Europa nas suas próximas férias? E, agora, pense em ir para lá, mas antes visitar algumas cidades dos Estados Unidos. Parece incrível, não? Mas saiba que isto não é roteiro apenas para turistas abastados. Graças às escalas e conexões para as quais a gente vive torcendo o nariz, é possível pagar a passagem de ida e volta e conhecer diversos destinos. É o chamado  “stop over”.
Meu amigo Rodrigo Ferreira, repórter do Diário de São Paulo, escreveu uma reportagem explicando como isto é possível. Resumindo: cada companhia tem seu destino principal, o tal “hub”, que serve de conexão para outras rotas. Isso significa que se você vai para Europa por uma companhia americana, obrigatoriamente o vôo tem de passar pelo seu destino principal, neste caso nos Estados Unidos, e é aí que o passageiro pode se beneficiar. Em alguns casos, as passagens com estas “escalas do bem”  podem sair até mais baratas.
Vale lembrar que cada companhia tem suas regras para que o passageiro possa aproveitar as paradas nestes destinos intermediários. Algumas cobram taxa e estipulam o período máximo de permanência. O “stop over” tem de ser definido e acertado com a companhia aérea durante a compra da passagem.
Ah, este meu amigo não apenas fez a reportagem, como também a viagem. Voando pela American Airlines, ele saiu de São Paulo passou por Miami e Chicago antes de chegar a Londres. Na volta, foi a vez de ele passar por Nova York. Sensacional, não? O único porém, segundo ele, é que a viagem pode ficar cansativa por causa das horas de vôo, da rotina dos aeroportos e dos usos. Mas ele garante: vale a pena!
Então, estão aqui os sites das companhias áreas para você pesquisar todas as possibilidades e as regras para o seu roteiro internacional. 
LAN –  Vá para Miami, mas conheça Santiago e/ou Peru.
ALITALIA - Saindo de São Paulo, compre passagem até Berlim, mas aproveite as escalas em Roma.
UNITED AIRLINES –  O seu destino pode ser Paris, mas pode fazer paradas, na ida ou na volta, em Chicago, Washington, New York e até Toronto,
AMERICA AIRLINES: Escolha Londres ou Paris como destino final e visite Nova York, Miami, Chicago etc. 
Leia aqui, na íntegra, a reportagem do Diário de São Paulo.  Vale a leitura!
Pelo Brasil
A gente já contou aqui no Outros Ares que é possível fazer isso no Brasil pela TAM. O programa Giro TAM possibilita que os passageiros façam até três paradas além do seu destino final. E também pagando apenas a tarifa de ida e volta entre o aeroporto de embarque e desembarque. Confira e aproveite!
E você já se beneficiou do “stop over”? Conte para gente como foi sua experiência, nos dê dicas e diga se vale a pena.
Deixe seu Comentário
  • Anonymous

    Achei a matéria interessante e decidi contribuir.
    A minha viagem foi para os EUA passando por Perú (aéreo SP/LIMA) em seguida fiz PERÚ/Colômbia (Bogotá) e em seguida fui para o Panamá, todos os trechos em avião, mas, como bem planejado segui até a Guatemala por terra e foi uma das melhores experiências da minha vida, pois, tive a oportunidade de conhecer um pouco do Panamá, Costa Rica, Nicaragua, El Salvador, Honduras, Belize. Em seguida, segui de Belize para o México ainda por via terrestre até chegar do outro lado (Costa Leste) com a Guatemala novamente para pegar o vôo na Cidade da Guatemala para os EUA. Minha tarifa saiu super econômica e demorei 45 dias para fazer toda a viagem. Aproveitei de fatos todas as paradas possíveis e fiz milhões de simulações para fechar o roteiro final. A passagem saiu por R$1.800,00 e o trecho por terra, nem preciso dizer, mega econômico, pois, trata-se de países baratos. Obviamente não estava buscando conforto, mas, experiências e improvisação.
    Toda essa aventura e outras estão no meu site sobre turismo mochileiro, inclusive, pesquisei esse setor na minha dissertação de mestrado.
    Cia Aérea, TACA/Avianca.

    http://www.mochileirotv.com

  • Outros Ares

    Olá, Wanderlei (está anônimo aqui, mas já sabemos o seu nome, rs)

    Muito obrigada pelas dicas. Elas são sempre muitíssimo bem-vindas. E este seu roteiro, hein? Incrível! Vou lá no seu blog ler mais a respeito.

    Jussara