Quem pensa que a Paraíba está ofuscada pelas praias famosas do Rio Grande do Norte ou Pernambuco, se engana!

Localizada entre estes dois estados, com rápido acesso por vias duplicadas e a curtas distâncias, o estado da Paraíba possui muitos atrativos. As praias do litoral sul são belíssimas e paradisíacas, verdadeiro convite ao deleite!

Este passeio faz parte da viagem de carro pelo nordeste, realizada em Julho de 2011.

A melhor forma de conhecer as praias é alugando um carro. É muito fácil transitar em João Pessoa, e mais fácil ainda é seguir para as praias do litoral Sul.
Como chegar

Estando hospedado na orla, é só seguir em direção a praia de Cabo Branco ,acompanhando as placas (não se preocupe , é bastante sinalizada, não tem como se perder). Passará pelo Farol de Cabo Branco, Museu estação da ciência, arquitetura de Oscar Niemeyr e seguirá rumo ao município de Conde, localizado há 22 km de João Pessoa. A partir daqui você irá conhecer Barra do Gramame, do amor, Jacumã, Tabatinga, Coqueirinho e Tambaba. Esta última foi a primeira praia de nudismo do Nordeste.

Outra forma: contratar um passeio nas agências locais. Uma van sai da capital às 8:30 e faz este mesmo percurso, incluindo paradas para banho, almoço e caminhada ao lado das falésias, retorno às 17:30. Caso prefira, é possível fazer este passeio de Buggy, bem mais interessante, não?

Nós estávamos de carro particular e visitamos apenas Coqueirinho e Tambaba, pois infelizmente o dia estava meio chuvoso, nublado.

Informação importante: Visitamos João Pessoa em julho, ou seja, período invernoso (chuvas constantes). Então, aquela imagem de mar verdinho, cristalino e sol radiante, não foi possível apreciar. O mar estava escuro, com cor barrenta, isto se deve as elevações dos leitos dos rios e que posteriormente chegam ao mar, deixando a água desta cor. A princípio pensamos que o mar estava poluído, sujo, ledo engano. Conselho: Os melhores meses são no verão: Dezembro, Janeiro, Fevereiro são perfeitos. Tenho que voltar J

Se fosse em outro período, este mar estaria verde e cristalino.
Coqueirinho:

Situada há 8 km do município de Conde, a praia fica localizada em uma enseada de coqueiros, rochas e fontes.


Do asfalto dobra-se a direita em rua com declive toda de barra. Confesso que ficamos preocupados caso chovesse, pois o carro não conseguiria retornar, a pista ficaria escorregadia. Assim, atenção!

Ao chegar à praia, ficamos em uma barraca à direita. Capirinhas, petiscos, um bom serviço. Pelo lado esquerdo há um grande restaurante que possui um mirante. Vale a pena ir lá. Nós não fomos, mas um casal amigo nosso foi.
Tambaba

Considerada a primeira praia de nudismo do Nordeste, Tambaba reserva belezas únicas: só aqui eu vi um coqueiro no meio das rochas, e a rocha no meio do mar!


Visitamos rapidamente a praia, ficamos somente na parte que é permitida está vestida. Há um restaurante de apoio. Tivemos que retornar logo, pois iríamos ver o pôr do Sol na praia do Jacaré.
Se você passar deste escada terá que deixar sua roupa :) Meus amigos também não tiveram coragem
Chegamos a praia no período da maré alta, neste momento fica quase inviável tomar um banho. O mar estava agitado, e havia muitas formações rochosas, porém um casal que viajou em janeiro para lá, conseguiu pegar a maré baixa e presenciaram várias piscinas naturais. Então fica dica: de preferência planeje sua visita com a maré baixa, será mais gostoso e divertido, se estiver com crianças será perfeito!

E você já foi a Paraíba? Deixe suas impressões.

Deixe seu Comentário
  • Lidiane

    Erika,

    Só poderia ser v. para me salvar!!! Vou para Jacumã mes que vem e não achei nenhum blog dando detalhes. V. acha imprescindível um carro para percorrer as praias lá ou com um pouco de disposição dá pra fazer a pé? Bjs

    Lidiane
    http://www.viajandocompouco.com.br

  • Érika Marques

    Ihhhh Lidiane a pé não rola não… Mas não é necessário você alugar um carro, pode contratar um passeio de buggy que roda todas as praias do litoral sul. Talvez para uma praia ou outra dê certo, mesmo assim tem que ficar de olho na maré, há muitas falésias…

    Beijos