Fique por Dentro: Guia de bolso do Ministério do Turismo

 Por Jussara Soares
Twitter/jussarasoares
 
Nestas férias, cerca de 68 milhões de viagens serão realizadas por brasileiros dentro do país. A estimativa é do Ministério do Turismo, que divulgou nesta segunda-feira a terceira edição do  guia de bolso Viaje Legal (www.viajelegal.turismo.gov.br). O site reúne dicas super bacanas para a gente se planejar, fazer turismo com segurança e evitar ao máximo os contratempos durante de merecidos descanso entre dezembro e janeiro, não é mesmo?
 
Fui dar uma conferida no Viaje Legal e gostei bastante. É um manual bem completo, com informações sobre destinos, hospedagens, roteiros, transporte, bagagem e cuidados com a saúde. É super didática, fácil de entender e, o melhor, está tudo reunido em um lugar só.
 
O que mais me agradou foi que a cartilha apresenta soluções para aqueles momentos que a gente nunca sabe o que fazer. Por exemplo, que providência tomar se meu voo for cancelado ou se minha bagagem for extraviada? E se tiver overbooking em hotéis, o que fazer? Caso meu direito de consumidor for violado, onde vou reclamar?  O Viaje Legal traz isso bem explicado.
 
O guia faz também o papel da sua mãe e reforça tudo aquilo, que todos nós mochileiros inveterados e turistas profissionais estamos carecas de saber, mas às vezes deixamos passar batido. Então, estão lá todas as recomendações sobre emissão de bilhetes aéreos, viagens com crianças, como escolher as operadoras de turismos para passeios etc.
 
Vale a pena conferir. O conteúdo está disponível para download em PDF, o que é um atraso. O Ministério do Turismo já poderia ter pensando em disponibilizar o guia de bolso como aplicativo para smartphone e tablets. Fica a dica para a quarta a edição.
 
Até Mais !!
Deixe seu Comentário
  • Andrea So@res

    É tudo que esse governo quer ser: nossa mãe! E o nosso rico dinheirinho é que está indo pro ralo com essas baboseiras desnecessárias! Vão recapear estradas e dar emprego digno aos trabalhadores!

  • Jussara Soares

    Concordo que recapear estradas, gerar emprego devam ser prioridades, assim como saúde, educação e segurança. Entretanto, o incentivo ao turismo, assim como o direito à cultura e ao esporte, é sim dever do Governo Federal.

    Lembra a música do Titãs? "A gente não quer só comida: a gente quer comida, diversão e arte". Isso é direito nosso também.

    De qualquer forma, vale ressaltar que hoje o brasileiro viaja mais. Muito estão andando de avião pela primeira vez, estão se dando "ao luxo" de gastar o dinheiro das férias passeando e, por isso, o turismo é cada vez um setor importante na geração de emprego. O Brasil também pode crescer assim.