Já estive por várias vezes em Pipa, duas estando hospedada e nas outras somente passando o dia. Sempre faltava tempo para conhecer o restante do litoral sul do Rio Grande Norte, afinal são vários atrativos apenas na região de Tibau do Sul.

O município de Tibau do Sul possui nove praias, sendo que a mais famosa é Pipa. Na verdade a praia de pipa se resume a praia central, aquela próxima ao vilarejo. Para entender um pouco a localização  das praias, coloquei  por ordem geográfica a partir da sede de Tibau do sul:

Lagoa dos Guaraíras/Tibau do Sul -> Praia do Giz -> Praia de cacimbinhas – > Praia do Madeiro – > Praia do Curral/Baía dos Golfinhos – > Praia central/Pipa – > Praia do Amor – > Praia das Minas -> Sibaúma.

No blog já falei sobre todas as praias, com exceção de Sibáuma tema do post de hoje. Dedicamos o último dia a um dos locais mais rústicos da região, porém de belezas incríveis. Estávamos em carro próprio, entretanto como não era 4×4 optamos por seguir pela RN. De Pipa até Sibaúma são 15 km.

Nossa primeira impressão era que o local parecia uma cidade fantasma. Várias casas de veraneio abandonadas, construções inacabadas, outras sem manutenção. Paramos o carro e caminhamos até a praia, a maré estava alta e o mar meio revoltoso, porém avistamos ao longe do lado direito o encontro do rio catú com o mar e era para lá que devíamos ir.

Praia de Sibaúma
Pegamos o carro e seguimos as placas até a travessia de balsa pelo rio catú.  Sibaúma e o rio Catú separam o município de Tibau do Sul de Canguaretama, cidade que possui outro atrativo turístico do Rio Grande do Norte, a Barra do Cunhaú.

Travessia de balsa no rio Catu
Decidimos parar somente na volta e seguimos para Barra Cunhaú. As duas principais praias são Pontal e Boca da Barra. A primeira possui melhor infra-estrutura, com barracas de praia, restaurantes e pousadas, porém não sabíamos disso e fomos direto para Boca da Barra que é literalmente a Barra do Cunhaú, ou seja, o encontro do mar com o Rio Curimataú.

Barra do Cunhaú
Barra do Cunhaú
Nas margens do rio há alguns quiosques com cadeiras e guarda sóis, tudo muito simples e rústico. Porém não notamos muito a presença de turistas, havia mais as pessoas locais. É neste ponto que ocorre a travessia de barco. Do outro lado o passeio segue para as praias de Baía Formosa e Sagi, inclusa nos passeios de buggy e quadriciclo.  Quem preferir tem um passeio de jangada que leva até a praia de restinga, ou praia do outro lado, como é chamada. Não fizemos, mas encontrei o relato da jornalista Glauce, neste link aqui.

Barra do Cunhaú
Bateu a fome e aceitamos a sugestão do Atum frito. A carne suculenta com crosta crocante acompanhava macaxeira frita, estando tudo uma delícia. Valor R$ 25,00

Atum frito com macaxeira
Retornamos para Sibaúma e paramos no restaurante as margens do Rio catu, que infelizmente não recordo o nome, mas sei que fica ao lado do Pastel do Walmir, esse não tinha como esquecer.  Pastel recheado até a tampa, como diz o matuto..rsrs  Pedi o de camarão que estava simplesmente divino. Adivinha o preço? R$ 5,00 J

Pastel do Walmir, em Sibaúma
Depois recebi a dica sobre o restaurante Solimar, uns amigos de Natal falaram que o atendimento, serviço, preço e alimentação são bem melhores em comparação ao restaurante que estávamos.

Restaurante que ficamos em Sibaúma

Em relação a Sibaúma, fiquei encantada! A região está sob proteção ambiental considerada uma das principais áreas de desova de tartarugas marinha do Brasil. A maré estava secando e deu para perceber o surgimento das piscinas naturais. O interessante é conhecer na maré baixa e deleitar-se nestas piscinas. Outro banho gostoso é no Rio Catu, suas águas são escuras e geladas, porém calmas.

Sibaúma – RN
Sibaúma – RN Encontro do Rio Catu com o mar

 

Sibaúma – RN
Rio Catu
Enfim, eu poderia ter passado o dia todo por aqui, que valeria o passeio.  Para quem viaja com crianças esta praia é ideal. Retornamos no final do dia, e antes de seguir para a pousada, fomos conhecer o mirante das falésias de cacimbinhas.

Tome nota: Caso não esteja de carro próprio, agências no centro de pipa oferecem passeios para Sibaúma e Barra do Cunhaú, podendo ser de Pau de Arara (jardineira), quadriciclo, ou buggy.

O que faríamos diferente: Tentaria conciliar o horário da maré baixa com a visita a praia de Sibaúma, conheceria a praia de Pontal em Cunhaú e faria o passeio de jangada para praia do outro lado.

Siga o Blog Outros Ares no Twitter
Curta o Blog Outros Ares no Facebook
Assine nossa Newsletter: Dicas de viagem por email

 

Deixe seu Comentário
  • Ludmy

    Adorei as fotos de Sibaúma. Achei o passeio lindo e econômico (também é importante). E bateu aquela saudade de pastel ao ver a sua foto…

  • Karla

    Lindo, Érika! Que vontade que deu de tudo! Infelizmente não tive tempo de conhecer Barra do Cunhaú, só conheci Barra do Punaú! rs
    Outro paraíso também.

    Beijos! Saudades do RN!

  • Luciana Misura

    Preciso ir pro Nordeste…conheço muito pouco! Mas é complicado, quando vou pro Brasil é pra ver a família, aí vamos adiando…

  • Anonymous

    Esse é um dos lugares que estão na minha lista de férias de verão. Vc acha que vale a pena passar o ano novo em Natal (uns 4 dias de estadia) e depois fazer uma semana na Pipa? Tenho dois filhos de 3 e 9 anos. Abraços, Aline Matos

  • Flávia Lima

    Olá, adorei o post, como comentei no face eu estive la , na época gravida, ficamos em Tibau e da lá rodamos tudo, tb fui nesse restaurante ..ahhh maravilhoso, alias como tudo, saudades desse pedacinho de chão, verdadeiro paraiso!!

    Bjs

  • Érika Marques

    Karla, seus posts sobre a barra do punaú me deram água na boca..rsrsr Infelizmente desta vez não deu para ir, mas não perco a próxima chance!! ;)

  • Érika Marques

    Luciana que chique você por aqui! Fiquei muito feliz!!!!! :) :)

    Olha, você não está vindo para o Nordeste, mas as tuas viagens não ficam por baixo não, no quesito calor, sol e praia… Ai ai ai ai, México, Aruba e coisa e tal… :)

    Beijos

  • Érika Marques

    Oie Aline,

    Passar férias no Rio Grande do Norte é muito bom. Como você está viajando com crianças só não aconselho passar a virada do ano em Pipa. No ano novo é a época mais lotada do ano e fica quase intrafegável… Um verdadeiro furdunço!!! :) Junta as pessoas que estão hospedadas lá e as demais que estão em Natal e vão passar apenas a virada do ano…

    Beijos

  • Eduardo

    Aline tudo bem ? Parabéns pelo ótimo post! Queria saber mais sobre o que disse sobre as casas de veraneio abandonadas e a situação de cidade fantasma pois eu e minha namorada estamos pensando em investir em uma casa para pousada por aí .. Esta Assim tão largado sibauma Aline? Bis!

    • http://www.outrosares.com/ Érika Marques

      Olá Eduardo,

      Bem, eu achei Sibauma bem abandonada, a barra do cunhaú é mais estruturada. De qualquer forma sugiro você visitar antes de fechar negócio. :)